MENUMENU

Abertas as inscrições para a 7ª edição do Cinemalogia

por Arte-Factos em 6 Novembro, 2017

Para o ano lectivo de 2017/​2018, o festival Cami­nhos do Cinema Por­tu­guês repen­sou os seus pro­gra­mas educa­ti­vos, pro­cu­rando abor­dar novas áreas de for­ma­ção cine­ma­to­grá­fica

O festival apre­sen­ta este ano lectivo duas edi­ções do curso de cinema Cine­ma­lo­gia: a sétima, a decor­rer no pri­meiro semes­tre numa lógica xpress, dedi­cada à abor­da­gem fic­ci­o­nal; e uma oitava edi­ção, a decor­rer no segundo semes­tre, com um for­mato mais cons­ti­tuído e dedi­cada à pro­du­ção de cinema de docuficção. A partir desta estratégia, procura-se continuar a pro­mo­ver o ensino ​“geral” das várias eta­pas cons­ti­tuin­tes da pro­du­ção de cinema de fic­ção, bem como abor­dar as prá­ti­cas cine­ma­to­grá­fi­cas den­tro de novas espe­ci­fi­ci­da­des, nome­a­da­mente o cinema docu­men­tal.

Cri­ado em 2011 com o apoio da Rei­to­ria da Uni­ver­si­dade de Coim­bra, o curso de cinema ​Cinemalogia, promovido pelo Cami­nhos do Cinema Português, cons­ti­tui-se como um evento de refe­rên­cia na for­ma­ção de públi­cos na área cine­ma­to­grá­fica, tanto numa abor­da­gem teó­rica, mas sobretudo prática, reforçando a oferta formativa na região centro do país. Este curso tem ao longo das suas seis edi­ções tem promovido um ensino profissionalizante pela produção de curtas-metragens, que têm sido seleccionadas em festivais de cinema um pouco por todo o mundo, valorizando-se o curriculum dos formandos além da componente formativa. No mês de Novembro as curtas-metragens Nunca é Tarde e Banho de Paragem estarão em competição no festival YMotion em Vila Nova de Famalicão.

A 7ª edição do Cinemalogia apresenta-se ao público num formato mais compacto, 80 horas, permitindo que mais pessoas possam usufruir deste projecto pedagógico. O corpo docente conta com profissionais da sétima arte que têm participações importantes em obras cinematográficas portuguesas, sendo eles André Badalo, João Silva (Jorri), Manuel Pinto Barros, Pedro Lopes, Liliana Lasprilla, Tomás Baltazar e Paulo Cunha. O plano curricular é composto por algumas etapas fulcrais de um plano de produção cinematográfica, tais como o argumento, a gramática cinematográfica, a gestão e planeamento, a rodagem e os módulos de pós-produção: montagem de som e imagem, correcção de cor e banda-sonora.

Até 11 de Novembro a organização mantém condições especiais de inscrição com preços a partir dos 150€.

Mais informações aqui.


sobre o autor

Arte-Factos

A Arte-Factos é uma revista online fundada em Abril de 2010 por um grupo de jovens interessados em cultura. (Ver mais artigos)

Partilha com os teus amigos