MENUMENU

Reportagem


Sensible Soccers

Atmosfera cósmica para filme avant-garde

Close Up - Mostra de Cinema de Famalicão

14/10/2017


© Dziga Vertov

Os Sensible Soccers subiram ao palco da Casa das Artes de Famalicão, na segunda edição da mostra de cinema Close Up, para co-protagonizarem a sessão de abertura. A fita escolhida foi Man with a Movie Camera (1929), título experimental do realizador russo Dziga Vertov. Coube-lhes a tarefa de sonorização daquele que foi considerado o 8º melhor filme de todo o sempre.

Man with a Movie Camera vive sem roteiro, pretendendo apenas retratar o quotidiano, e captar os diversos estilos de vida e comportamentos. Filme mudo, a preto-e-branco mas de um enorme dinamismo, traduz a vanguarda da arte cinematográfica e criou na época uma nova linguagem. É um filme marcante por ter introduzido técnicas e efeitos visuais pioneiros, com as famosas transições entre cenas e uso de slow motion para envolver ainda mais o público, e até técnicas de stop motion em que a câmara ganha vida e descarta o operador. Aconselho vivamente este artigo do British Film Institute sobre a importância e influência contemporânea do título.

Os Sensible Soccers revelaram-se a perfeita escolha para nos transportar nesta viagem sónica 88 anos depois, conseguindo captar a essência do ecrã e fundir-se com as imagens em movimento.

Começámos por ouvir música nova. Sons imersivos e profundos, que equilibram o sombrio “8” (disco de 2014) e a frescura de “Villa Soledade” (2016). Se os dois primeiros temas tocados foram uma antevisão do trabalho a lançar no próximo ano, garanto-vos que os rapazes de Vila do Conde continuam a corresponder ao orgulho dos fãs, apostando ainda mais no sintetizador para a criação de atmosferas escapistas. Mas o momento maior estaria ainda por vir…

Como haviam já anunciado nas redes sociais, seria uma noite de recordação de alguns clássicos. Curiosamente, escolheram duas das minhas favoritas: “Guarani” (que nunca foi incluída em disco, a ouvir aqui) e “Bolissol” (2016). Estas duas em particular conseguiram elevar a experiência em sala. O som foi tão bem escolhido para as cenas de Man with a Movie Camera que passavam na tela, que a certa altura parecíamos estar a assistir ao teledisco do single. Podemos ter mais sessões do género?

Apesar de estarmos perante uma sessão de cinema, os Sensible Soccers saíram de sala em aplausos pelo belíssimo concerto que deram aos fãs. Não é a primeira vez que aceitam este desafio de musicar imagem ao vivo, e curiosamente repete-se como o contexto para tocar nova música.

Para quem quiser aproximar-se da experiência no grande auditório da Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, o filme está disponível na íntegra aqui.


sobre o autor

Isabel Leirós

"Oh, there is thunder in our hearts" - Fernando Pessoa (Ver mais artigos)

Partilha com os teus amigos