MENUMENU

Reportagem


Nick Murphy

Uma e uma só pessoa

Vodafone Paredes de Coura

17/08/2017


© Hugo Lima | fb.me/hugolimaphotography | hugolima.com

Nick Murphy e Chet Faker são uma e uma só pessoa. A mesma pessoa e a mesma estética sonora. Podemos encontrar uns caminhos mais duvidosos no novo EP (lembra-nos vagamente a variante electrónica dos Coldplay, mas também não desejamos assim tanto mal ao rapaz australiano). Mas nada de suficientemente palpável para dizer que houve algum tipo de guinada musical. Muito menos ao vivo…

Em palco, Nick aparece com uma certa postura blasé (não é uma crítica). Embora sem o sentido de humor cáustico, fez lembrar a forma como, há dois anos, surgiu no mesmo local Father John Misty. E até há qualquer coisa de semelhante nas duas vozes.

Mas voltemos a Chet. Ou a Nick. O mínimo que se pode dizer é que a parte mais duvidosa da electrónica deste EP perde impacto em palco. As músicas de Chet misturam-se com as de Nick e o resultado, entre os teclados mais atmosféricos e downtempo, a electrónica mais dançável e a balada “Talk is Cheap” (ainda o seu tema mais conhecido e o mais celebrado pelo público), é bastante coeso. Até porque surge acompanhado por um jogo de luzes irrepreensível. Pode não ter sido memorável, não fica para a história de Coura, mas surpreendeu pela positiva muitos cépticos.


sobre o autor

Joao Torgal

Partilha com os teus amigos