MENUMENU

Reportagem


Bruno Pernadas

Um lugar ao jazz

Vodafone Paredes de Coura

18/08/2017


© Hugo Lima | fb.me/hugolimaphotography | hugolima.com

Depois do jazz na relva, a parte principal do terceiro dia de Vodafone Paredes de Coura começou precisamente… com jazz. A orquestra de Bruno Pernadas tem quase uma dezena de músicos. Tem teclados espaciais e sopros experimentais, mas também coros muito bonitos e uma certa componente de melodia pop presente em temas como “Problem Number 6” ou “Spaceway 70”. Harmonias vocais que contam com a presença de Minta (Francisca Cortesão) e de Afonso Cabral, vocalista dos You Can’t Win, Charlie Brown.

A propósito, exactamente 24h antes, os You Can’t Win, Charlie Brown tinham recomendado o concerto de Bruno Pernadas. Palavras sábias… o ensemble português encaixou que nem uma luva no anfiteatro natural de Paredes de Coura (tal como já tinha acontecido, há uns anos, no castelo de Sines). Mesmo que, num concerto muito curto (como são todos os de abertura), não tenham tocado aquele que é talvez o tema mais conhecido do músico: “Anywhere in Spacetime”.


sobre o autor

Joao Torgal

Partilha com os teus amigos