MENUMENU

Le Guess Who? começa esta semana, em Utrecht

por Alexandre Junior em 6 Novembro, 2018

É já esta semana que começa um dos mais entusiasmantes festivais europeus: o Le Guess Who?, que decorre entre 8 e 11 de Novembro na cidade de Utrecht, na Holanda.

Conta já com a sua 12ª edição, e é um festival que pretende “celebrar sons globais em todo o âmbito da cidade”. Para esse efeito, há coisas a acontecer em mais de vinte locais — cerca de treze são dedicados a concertos — e o seu alinhamento contém mais de cem artistas. É uma oferta gigantesca numa das semanas mais estimulantes que esta Europa tem para oferecer.

Além disso, todos os anos o festival oferece-se a curadoria por parte de vários artistas. Nesse papel, já tivemos Michael Gira, dos Swans, Grouper, os Shabazz Palaces ou Sunn O))), entre outros, e este ano delegaram-se Devendra Banhart, Moor Mother e Shabaka Hutchings, dos Sons of Kemet; se o primeiro é um dos nomes contemporâneos mais entusiasmantes da folk, e que em si recupera muita da história do género tanto da América do Norte como das sensibilidades exóticas e psicadélicas dos seus países a sul, os segundos estão intimamente ligados à história da música negra e ao afrofuturismo, estética que se reflecte sobremaneira neste cartaz.

Entre as variadíssimas propostas deste ano, guardamos um entusiasmo especial para os concertos do grupo Art Ensemble of Chicago, nome essencial do jazz a tender para os seus limites, ou Sons of Kemet em versão XL, uma iteração alargada do grupo onde se contam quatro bateristas. Mas há mais: o saxofonista experimental Colin Stetson, o recentemente (re)descoberto Hailu Mergia, ou nomes da vanguarda pop como são Yves Tumor ou serpentwithfeet — há no Le Guess Who? de tudo um pouco, do hip-hop ao jazz e ao rock. 

Em breve, a reportagem do festival, aqui no Arte-Factos.


sobre o autor

Alexandre Junior

Interesso-me por muitas coisas. Estudo matemática, faço rádio, leio e vou escrevendo sobre fascínios. E assim o tempo passa. (Ver mais artigos)

Partilha com os teus amigos