MENUMENU

Elza Soares, Bruno Pernadas e Howe Gelb confirmados no Vodafone Mexefest

por Vera Brito em 30 Setembro, 2016

É mais fácil despedirmo-nos do verão quando o outono nos promete tanta variedade cultural e antevemos que um dos momentos altos será o próximo Vodafone Mexefest, que em novembro fará mais uma vez o sangue pulsar forte pelas artérias da capital. As confirmações têm-nos chegado em doses triplas e surpreendentes e agora é a vez de Elza Soares, Howe Gelb e Bruno Pernadas.

“A mulher do fim do mundo” a brasileira Elza Soares é o melhor exemplo de que velhos são os trapos. Aos seus 79 anos, depois de uma vida alucinante atravessada demasiadas vezes pela tragédia, traz-nos um dos grandes álbuns de 2015, o seu primeiro de inéditos A Mulher do Fim do Mundo/The Woman at the End of the World, que atinge em 2016 o pleno da consagração. Foi convidada para a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, tem estado no foco da imprensa musical nacional e internacional. Sempre uma mulher de armas defensora acérrima dos direitos das mulheres, homossexuais e negros, trará a sua mistura singular de samba com funk e tantos outros ritmos na sua voz arrastada e única.

Desde o seu álbum de estreia How Can We Be Joyful in a World Full of Knowledge, um dos melhores discos de 2014, que todos aguardávamos novidades de Bruno Pernadas. E na passada semana chegaram-nos por fim não um mas dois discos seus de uma assentada só. Dois álbuns tão diferentes mas tão geniais que só poderiam ter a identidade ímpar do músico lisboeta. Em Worst Summer Ever a escola de jazz de Pernadas brilha com intensidade, enquanto que em Those Who Throw Objects at the Crocodiles will be Asked to Retrieve Them nos continua a surpreender estabelecendo as pontes mais improváveis entre sonoridades à partida distantes, como o krautrock e a soul, construindo os seus mundos tropicais e exóticos. Como é que Bruno Pernadas irá conjugar tudo isto num concerto só? É o que todos estamos curiosos por ver no próximo Mexefest.

De Tucson, Arizona, um dos mais reconhecidos e importantes nomes dos géneros Americana ou Alt-Country: Howe Gelb. A sua carreira tem uma história de mais de três décadas, inúmeras edições e é feita em nome próprio, mas igualmente com projetos que criou, de onde se destacam os Giant Sand e Op8. Multi-instrumentista e compositor de excelência, Howe Gelb é um dos melhores escritores de canções norte americanos da atualidade.

O bilhete único válido para os dois dias do Festival encontra-se já à venda nos locais habituais pelo valor de 40€ até 30 de setembro, passando para 45€ a partir do dia 1 de outubro, e 50€ nos dias do Festival. Na compra feita através da App Vodafone Mexefest os clientes Vodafone beneficiam de um desconto de 5€.


sobre o autor

Vera Brito

Partilha com os teus amigos