MENUMENU

Um Ano de Cinema(s) no Espaço Nimas

por Edite Queiroz em 9 Julho, 2017

A programação Um Ano de Cinema(s) está de volta à Medeia Filmes! Durante quatro semanas, de 20 de Julho a 16 de Agosto, o Espaço Nimas, em Lisboa, vai exibir os filmes que conquistaram a crítica e o público e se destacaram ao longo do último ano. No total, são mais de 50 filmes que podem agora ser (re)vistos num ciclo que vai marcar os dias de Verão. Os bilhetes para este programa têm o custo de 5€.

Segue abaixo a programação completa e as nossas críticas a alguns dos filmes em exibição:

20 Julho – Quinta
La Academia de las Musas, de José Luis Guerín
14h, 19h
Love & Friendship, de Whit Stillman
16h30, 21h30

21 Julho – Sexta
Experimenter, de Michael Almereyda (crítica)
14h, 19h15
Love, de Gaspar Noé (crítica)
16h30, 21h30

22 Julho – Sábado
Uma Pastelaria em Tóquio, de Naomi Kawase
14h, 19h15
Victoria, de Sebastian Schipper (crítica)
16h30, 21h30

23 Julho – Domingo
Amanhã, de Cyril Dion, Mélanie Laurent
14h, 19h15
Logan, de James Mangold (crítica)
16h30, 21h30

24 Julho – Segunda
Francofonia, de Aleksandr Sokurov
14h, 19h
Jason Bourne, de Paul Greengrass (crítica)
16h30, 21h30

25 Julho – Terça
Comoara, de Corneliu Porumboiu
14h, 19h
Sully, de Clint Eastwood
16h30, 21h30

26 Julho – Quarta
Tangerine, de Sean Baker
14h, 19h
Se as Montanhas de Afastam, de Jia Zhang-ke
16h30, 21h30

27 Julho – Quinta
O Ornotólogo, de João Pedro Rodrigues
14h, 19h
Florence, de Stephen Fears
16h30, 21h30

28 Julho – Sexta
Captain Fantastic, de Matt Ross
14h, 19h
Julieta, de Pedro Almodóvar (crítica)
16h30, 21h30

29 Julho – Sábado
Fuocoammare, de Gianfranco Rosi
14h, 19h
Café Society, de Woody Allen (crítica)
16h30, 21h30

30 Julho – Domingo
Juste la Fin du Monde, de Xavier Dolan (crítica)
14h, 19h15
Hacksaw Ridge, de Mel Gibson (crítica)
16h15, 21h15

31 Julho – Segunda
A Toca do Lobo, de Catarina Mourão
14h, 19h
American Honey, de Andrea Arnold
16h, 21h

1 Agosto – Terça
Forushande, de Asghar Farhadi (crítica)
14h, 19h
Elle, de Paul Verhoeven (crítica)
16h30, 21h30

2 Agosto – Quarta
Bacalaureat, de Cristian Mungiu (crítica)
14h, 19h
Gimme Danger, de Jim Jarmusch (crítica)
16h30, 21h30

3 Agosto – Quinta
Saint Amour, de Benoit Delepine, Gustave Kervern
14h, 19h
Little men, de Ira Sachs
16h30, 21h30

4 Agosto – Sexta
Poesía sin fin, de Alejandro Jodorowsky
14h, 19h
Nocturnal Animals, de Tom Ford (crítica)
16h30, 21h30

5 Agosto – Sábado
On the Milky Road, de Emir Kusturica (crítica)
14h, 19h
I, Daniel Blake, de Ken Loach (crítica)
16h30, 21h30

6 Agosto – Domingo
Les Beaux Jours d’Aranjuez, de Wim Wenders (crítica)
14h, 19h15
Manchester by the Sea, de Kenneth Lonergan (crítica)
16h30, 21h30

7 Agosto – Segunda
Ama-San, de Cláudia Varejão (crítica)
14h, 19h
Split, de M. Night Shyamalan (crítica)
16h30, 21h30

8 Agosto – Terça
Hell or High Water, de David Mackenzie (crítica)
14h, 19h
Ma Loute, de Bruno Dumont (crítica)
16h30, 21h30

9 Agosto – Quarta
Get Out, de Jordan Peele (crítica)
14h, 19h
Toni Erdmann, de Maren Ade
16h, 21h

10 Agosto – Quinta
São Jorge, de Marco Martins (crítica 1 e crítica 2)
14h, 19h
Aquarius, de Kleber Mendonça Filho
16h15, 21h15

11 Agosto – Sexta
Vida Activa: O Espírito de Hannah Arendt de Ada Ushpiz
14h, 19h
Moonlight, de Barry Jenkins (crítica)
16h30, 21h30

12 Agosto – Sábado
Stefan Zweig: Farewell to Europe, de Maria Schrader
14h, 19h
Silence, de Martin Scorsese (crítica)
16h, 21h

13 Agosto – Domingo
Ma vie de Courgette, de Claude Barras – VO (crítica)
14h, 19h
La La Land, de Damien Chazelle (crítica)
16h30, 21h30

14 Agosto – Segunda
Ornamento & Crime, de Rodrigo Areias
14h, 19h
I Am Not Your Negro, de Raoul Peck
16h30, 21h30

15 Agosto – Terça
Paula Rêgo, Histórias e Segredos, de Nick Willing
14h, 19h15
The Lost City of Z, de James Gray
16h15, 21h15

16 Agosto – Quarta
Le Jeune Karl Marx, de Raoul Peck (crítica)
14h, 19h
Ah-ga-ssi, de Park Chan-wook (crítica)
16h15, 21h15


sobre o autor

Edite Queiroz

Partilha com os teus amigos