MENUMENU

Março na Cinemateca

por Edite Queiroz em 1 Março, 2017

O cinema de Ernst Lubitsch feito nos EUA, o trabalho das mais recentes gerações de realizadores portugueses e a obra de Pere Portabella são os pontos altos da programação da Cinemateca Portuguesa no mês de Março. Além de um ciclo que pretende revisitar a filmografia de Lubitsch em Hollywood, que se concluirá em Abril, o realizador alemão estará em destaque na série de sessões-conferência Histórias do Cinema, com cinco filmes (Madame DuBarry, Sumurun, Trouble in Paradise, The Shop Around the Corner e Cluny Brown) apresentados e comentados pelo crítico, programador e director da Viennale Hans Hurch. Todos os filmes mudos destes dois ciclos terão acompanhamento ao piano. Ao longo de dois meses, a Cinemateca exibirá a integralidade da obra americana de Lubitsch, iniciada em 1923 com Rosita e terminada em 1948 com The Lady in Ermine. Em Março, serão exibidos 20 títulos de Lubitsch, onde se inclui já grande parte dos mais célebres filmes que assinou.

Arrancará também o ciclo Cinema Português: Novos Olhares que, ao longo de Março e Abril (e ainda com um prolongamento mais tarde no ano), dará a conhecer o trabalho das mais recentes gerações do cinema português.

Março será ainda um mês dedicado a um olhar sobre a obra de Pere Portabella, realizador espanhol nascido em 1929 na Catalunha e um dos maiores cineastas espanhóis em actividade, embora o grosso da sua obra seja ainda desconhecida para o público português, já que nenhum dos seus filmes foi comercialmente distribuído no nosso país. Pere Portabella estará presente em alguns dias durante o ciclo.

Mais informações na página da Cinemateca.


sobre o autor

Edite Queiroz

Partilha com os teus amigos