Festa no Cinema Ideal com sessões gratuitas

por Arte-Factos em 23 Agosto, 2016

No próximo dia 28 de Agosto, o Cinema IDEAL (Lisboa) irá comemorar o seu 2º aniversário. A sala está de parabéns e os presentes são para os mais fiéis seguidores.

De 25 a 31 de Agosto, o Cinema terá 21 sessões de entrada gratuita, com uma selecção dos filmes estreados desde a sua abertura e ainda uma antestreia. Os filmes chegam dos quatro cantos do mundo, há clássicos e documentários, filmes para miúdos e graúdos. O programa deve ser consultado aqui. Destacam-se Mommy de Xavier Dolan, Montanha de João Salaviza, Os Maias de João Botelho, O Espírito de ’45 de Ken Loach, Os Verdes Anos Paulo Rocha, João Bénard Da Costa – Outros Amarão As Coisas Que Eu Amei de Manuel Mozos, entre tantos outros.

No Domingo 28 de Agosto, dia do aniversário, a programação é ainda mais especial:
– 18h às 19h: happpy hour e brinde;
– 18h45: antestreia “muito especial”, garantem, a divulgar oportunamente.
– 19h: concerto de JP Simões no Salão Ideal;  entrada livre mas com lotação limitada a 40 pessoas.

Durante esta semana, de 25 a 31 de Agosto, continuará ainda em exibição o filme  Regresso A Ítaca de Laurent Cantet, sempre às 20h45 e às 22h30. O bilhete vale 5 euros.

Em jeito de balanço, a direcção do Cinema refere que estrearam em dois anos “35 filmes portugueses, de todos os géneros e gerações (de Manoel de Oliveira, Paulo Rocha e José Fonseca e Costa, de Jorge Silva Melo e João Botelho, de João Canijo, Joaquim Pinto, Pedro Costa, de Manuel Mozos e Margarida Cardoso, João Pedro Rodrigues, Sérgio Tréfaut e Bruno de Almeida, de Miguel Gomes e João Nicolau, de João Salaviza e Gabriel Abrantes – é uma lista deveras impressiva”. Neste período, mostraram ainda “filmes de Jean-Luc Godard ou Mike Leigh, de Jafar Panahi ou Woody Allen, de Alain Resnais ou Ettore Scola, de Apichatpong Weerasethakul ou Hou Hsiao-Hsien, mas sobretudo muitos realizadores estreantes ou pouco conhecidos e vindos de toda as partes do mundo. Fizemos reposições de John Ford, Charlie Chaplin, Nicholas Ray e Stanley Kubrick. Mostrámos cinema de ficção e documentário, animação e curta-metragem, em mais de uma centena de filmes e quase quatro mil sessões. Trabalhámos com os festivais de cinema (o DOC, o INDIE, a MONSTRA, o TEMPS D’IMAGES). Organizámos sessões com e para escolas, com e para a Junta de Freguesia e a Misericórdia de Lisboa, para os vizinhos, os miúdos e os jovens, e os mais desfavorecidos.
E é esse trabalho que agora vamos comemorar, ofererecendo aos nossos espectadores, ao nosso bairro e à cidade de Lisboa, uma semana muito especial, com 21 sessões de entrada gratuita”.


sobre o autor

Arte-Factos

A Arte-Factos é uma revista online fundada em Abril de 2010 por um grupo de jovens interessados em cultura.

(Ver mais artigos)

Partilha com os teus amigos