MENUMENU

Cartas da Guerra candidato ao Óscar e ao Goya

por Edite Queiroz em 13 Setembro, 2016

Os membros da Academia Portuguesa das Artes e Ciências Cinematográficas escolheram Cartas da Guerra, de Ivo M. Ferreira, para representar Portugal na candidatura à nomeação para o Óscar de melhor filme estrangeiro e para o Goya de melhor filme Ibero-Americano.

Baseado nas cartas que o escritor António Lobo Antunes escreveu à sua mulher, na altura em que esteve em serviço como médico na Guerra Colonial, reunidas no livro D’este viver aqui neste papel descripto: Cartas da Guerra, o filme está em exibição nos cinemas e ultrapassou os 12.000 espectadores. O filme teve estreia mundial no Festival de Cinema de Berlim e já apresentado nos festivais de Sidney, Hong Kong, Thessaloniki, entre outros. Tem ainda estreia comercial assegurada para França, Espanha, Bélgica, Holanda e Brasil, entre finais de 2016 e 2017.


sobre o autor

Edite Queiroz

Partilha com os teus amigos