MENUMENU

As Cinematecas Hoje: Cinemateca Sueca em foco

por Arte-Factos em 5 Novembro, 2018

Em Novembro a Cinemateca presta homenagem à primeira cinemateca do mundo, a Cinemateca Sueca (Svenska Filminstitutet). No arranque do Ciclo As Cinematecas Hoje: Cinemateca Sueca, o director do arquivo fílmico sueco, Jon Wengström, estará em Lisboa para dar uma conferência subordinada ao título Cinematecas Hoje e no Futuro (sexta-feira, dia 9, às 18h30, entrada livre mediante levantamento de ingresso na bilheteira). A sessão inaugural do Ciclo tem lugar no dia anterior às 21h30, numa sessão especial de Os Proscritos, com acompanhamento ao piano por Filipe Raposo.

Até ao final do mês o Ciclo As Cinematecas Hoje: Cinemateca Sueca propõe um percurso histórico pelo cinema sueco, dos anos dez aos anos noventa, que permite em simultâneo contar a história da cinemateca que manteve vivos estes filmes, preservando-os e divulgando-os. Cerca de oitenta anos de uma das mais importantes cinematografias do mundo, através de cópias restauradas, a maioria das quais em suporte analógico original, num Ciclo que reúne um conjunto de obras de autores consagrados (dos mestres do mudo Victor Sjöström e Mauritz Stiller a Ingmar Bergman, de quem iremos apresentar algumas raridades, incluindo trabalhos para publicidade e curiosos filmes sobre o seu trabalho) e outros menos conhecidos, mas não menos importantes (Hasse Ekman, Mai Zetterling, Arne Sucksdorff, Bo Widerberg e Jan Troell). Do mudo apresentam-se duas obras-primas do período: Os Proscritos, de Victor Sjöström, e a versão integral de A Lenda De Gösta Berling, de Mauritz Stiller, nunca apresentada na Cinemateca (sábado, dia 24 de Novembro, às 21h30, com acompanhamento ao piano por Daniel Schvetz).

Fundada em 1933 por Bengt Idestam-Almquist, a Cinemateca Sueca adquiriu uma posição de grande relevo entre as cinematecas europeias ao longo dos anos e os seus directores no período que vai dos anos cinquenta aos noventa, Anna-Lena Wibom e Rolf Lindfors foram personalidades marcantes na vida da FIAF, a Federação Internacional de Arquivos de Filmes. Os laços entre a Cinemateca Sueca e a Cinemateca Portuguesa são antigos e próximos e por este motivo esta é uma das cinematecas homenageadas, no ano em que a Cinemateca Portuguesa festeja o seu septuagésimo aniversário.

O programa completo do Ciclo pode ser consultado na página da Cinemateca.


sobre o autor

Arte-Factos

A Arte-Factos é uma revista online fundada em Abril de 2010 por um grupo de jovens interessados em cultura. (Ver mais artigos)

Partilha com os teus amigos