MÚSICAS DA SEMANA

#217

com

The Sunflowers

Partilha com os teus amigos
© Luísa Cativo

Escolhas de The Sunflowers

Grandmaster Flash & The Furious Five - The Message (Carlos)

Porque não somos só guitarras ao alto. E esta é uma malha daquelas que merecem ser ouvidas em repetição.

Velvet Underground - Rock N’ Roll (Carlos)

O rock n’ roll salva vidas, toda a gente sabe isso. E ando com esta música (na verdade, com o álbum todo) na cabeça há semanas.

Big Ups - Rash (Carolina)

Nada melhor que um pouco de punk hardcore bem alto para libertar as más energias reprimidas.

Moon Preachers - High Street (Carolina)

Banda revelação que mal pode esperar para vos espetar na cara todo o barulho que consegue fazer.

JEFF The Brotherhood - Whatever I Want (Banda)

Malhona de um álbum incrível + inside joke do Cão da Garagem. Aconselhamos a toda a gente esta música. A sério. Vão ouvir agora mesmo.

Escolhas de Rita Neves

Hiss Golden Messenger - Heart Like a Levee

Está a acontecer o que acontece sempre. Os álbuns a que não prestei atenção em 2016 começam a ser ouvidos em 2017. E este é uma delícia.

Big Thief - Paul

Descobri os Big Thief há pouco tempo e ainda não explorei muito para além desta música, mas quero muito.

Townes Van Zandt - I'll Be The In the Morning

Prova de que foi a semana do folk é ir desenterrar os discos do pai dele.

Jason Molina - Tower Song (Townes Van Zandt cover)

Sempre gostei do toque que Molina dá às músicas ao vivo, mas não sabia que o fazia também em covers. Esta é um espanto.

Songs: Ohia - Just Be Simple (Demo)

As demos que vêm na edição de 10º aniversário do Magnolia Electric Co. são obrigatórias para quem está dentro do universo Molina.

Escolhas de Sandro Cantante

David Bowie – Absolute Beginners

É o primeiro aniversário de Bowie em que não o temos entre nós para celebrar, mas a música que deixou é eterna e deverá sempre ser celebrada.

The Kills – Siberian Nights

O som de Ash & Ice é qualquer coisa de especial e os The Kills conseguiram aqui um dos álbuns mais viciantes de 2016. É difícil escolher apenas uma música para destacar aqui, porque realmente tenho ouvido o álbum na totalidade, mas esta Siberian Nights é apenas um de muitos exemplos possíveis de músicas que mal posso esperar por ouvir no NOS Alive daqui a uns meses.

Blur – The Universal

Há músicas que adoramos e que revisitamos de tempo a tempo pelas razões mais variadas. Esta The Universal ouvi na rádio e a partir daí foi só passar o The Best Of que tenho sempre guardado no carro vezes sem conta.

Alt-J – Matilda

A confirmação de mais um concerto em solo nacional foi razão suficiente para voltar ao óptimo An Awesome Wave, que nunca fica velho. Matilda é apenas a preferida do momento.

Red Hot Chili Peppers – Dark Necessities

Faço parte do grupo triste que não conseguiu arranjar bilhetes para o dia de Red Hot no SBSR e que ainda não teve força de vontade suficiente para investir num passe apenas por eles (que me desculpem os Deftones, mas não me incentivam mais a isso também). Enquanto o tempo passa, vou ouvindo o melhor do último álbum.


sobre o autor

Arte-Factos

A Arte-Factos é uma revista online fundada em Abril de 2010 por um grupo de jovens interessados em cultura.

(Ver mais artigos)

Partilha com os teus amigos