MÚSICAS DA SEMANA

#208

com

Bruno Pernadas

Partilha com os teus amigos
© Vera Marmelo

Escolhas de Bruno Pernadas

Massive Attack – Come near me (ft Ghostpoet)

É um dos melhores videoclips dos últimos tempos. Componente dramática muito forte e seriamente bem conseguida a nível musical e cinematográfico.

CTM – Cézanne

Conheci este tema na ZDB, antes do concerto da banda Minta atuar no verão de 2016.

Cat Power – Where is my love?

Porque é a Chan Marshall.

King Gizzard & The Lizard Wizard – Quarters!

Conheci este disco por intermédio de um amigo que me recomendou com a ideia de que iria gostar muito. Tal aconteceu.

Tomemitsu – In Dreams (bedroom version)

High Maintenance brought me here. 🙂

Escolhas de Hugo Rodrigues

Oceansize - One Day All This Will Be Yours

Não há forma dos Oceansize ficarem muito tempo afastados das minhas playlists e, pensando bem, na verdade há muito tempo que não ficam.

Every Time I Die - C++ (Love Will Get You Killed)

Vida de programador.

Vennart – Don’t Forget The Joker

Uma das minhas músicas preferidas do ano passado e que nunca consigo ouvir apenas uma vez, mesmo que a intenção não seja a de repetir, não consigo, instant repeat, sempre.

Anthony Green - You'll Be Fine

Posso até nem gostar muito deste novo disco de Anthony Green, pelo menos em comparação com os outros, mas há sempre um malhão em cada álbum do músico. Em Pixie Queen, para mim, é este.

Cymbals Eat Guitars – Wish

Ainda não consegui explorar a fundo o novo disco dos Cymbals Eat Guitars, mas pareceu-me bem. Vai precisar de mais rodagem.

Escolhas de Andreia Vieira da Silva

Devin Townsend Project – Kingdom

Tudo o que Devin Townsend faz tem um toque de génio. Não é só uma banda de metal que quer partir tudo. Tudo nesta faixa é grandioso. É um portento.

ReVamp – The Anatomy of a Nervous Breakdown: Neurasthenia

Floor Jansen e Devin Townsend, um duo de luxo. A subtileza da voz de Floor une-se ao tom rasgado e demoníaco de Townsend, e o resultado não podia ser melhor. A banda, que entrou em hiatus em 2015, é um dos projectos que afirmam Floor como uma das melhores vocalistas femininas, dentro da cena metal actual.

Eagles of Death Metal – Complexity

É um dos temas novos e bastante orelhudo. Muito ao estilo que os EODM nos habituaram e bastante dançável. Um dos pontos fortes de Zipper Down.

Eagles of Death Metal – High Voltage

Rock’n’roll sensual, é o que posso dizer disto.

Linda Martini – Amor Combate

Ver Linda Martini ao vivo traz sempre memórias, e esta é uma delas.

Escolhas de Ricardo Almeida

Wrekmeister Harmonies – The Gathering

Acabado de chegar de viagem fiz-me ao novo disco dos Wrekmeister Harmonies e desde então ainda não descolei – um sério candidato ao pódio dos discos do ano. A banda que vai buscar o nome à obra-prima de Béla Tarr, o realizador húngaro, passará em breve pela ZDB. Adivinha-se um concerto memorável!

Mihály Vig – Valuska

A respeito Béla Tarr, resolvi ver umas entrevistas do realizador e acabei por tropeçar no trabalho de Mihály Vig que faz as bandas sonoras dos seus filmes. Ora parece que descobri uma das coisas mais bonitas que ouvi nos últimos tempos.

True Widow – F W T S L T M

O novo de True Widow tem andado em rotação e só por esta faixa já tem lugar reservado na prateleira.

Russian Circles – Calla

O novo de Russian Circles, Guidance de seu nome, para além de ser uma séria ameaça aos pescoços de quem o ouve, é também merecedor de uma edição espectacular em vinil com o disco transparente e um splatter todo bonito. Pena só estar à venda na loja Americana.

Moderat – Ghostmother

Os Moderat continuam a fazer mossa por aqui.


sobre o autor

Arte-Factos

A Arte-Factos é uma revista online fundada em Abril de 2010 por um grupo de jovens interessados em cultura.

(Ver mais artigos)

Partilha com os teus amigos