MENUMENU

Voivod

The Wake
2018 | Century Media | Metal progressivo

Partilha com os teus amigos

The Wake” é um álbum gratificante e de celebração para os Voivod. Renasceram e finalmente avançaram da avassaladora perda do guitarrista Piggy com o aclamado “Target Earth”. Os lendários Canadianos vêm provar que estão realmente renascidos e que o disco anterior não foi apenas uma “fluke” de carreira avançada.

Cada vez mais o guitarrista Chewy prova que é o ideal para tomar as rédeas e a sua guitarra já conduz os temas, as suas melodias tresloucadas já soam aos Voivod que meio mundo estranhou há três décadas atrás e a psicadelia das canções soa tão terrestre como as criaturas predilectas para os conceitos dos discos, incluindo deste “The Wake.” Parece estar tudo bem entregue e os Voivod já levam o seu caminho certinho. E o thrash, com que se apresentaram, e que foi sempre acrescentando fúria à estranheza da sua música, já não domina, mas espreita sempre para acelerar o passo e tornar “The Wake” mais denso e até um pouco mais pesado que o seu antecessor.

Um álbum progressivo, no qual tudo se estranha e entranha ao mesmo tempo, com balanço de acessibilidade e complexidade e os doze minutos da conclusiva “Sonic Mycelium” até são uma boa síntese de todo o disco. A excelente queda de pé que foi o anterior “Target Earth” ainda pode ser superior, mas não há aqui propriamente algum passo atrás, e qualquer indício de que os influentes Canadianos estivessem acabados foi mero falso alarme.

Músicas em destaque:

Obsolete Beings, Orb Confusion, Sonic Mycelium

És capaz de gostar também de:

Vektor, Coroner, Tau Cross


sobre o autor

Christopher Monteiro

Partilha com os teus amigos