MENUMENU

Saxon

Thunderbolt
2018 | Silver Lining Music | Heavy metal

Partilha com os teus amigos

Os Saxon estavam lá quando o heavy metal ainda era uma criança irrequieta à procura das inúmeras identidades que viria a ter mais tarde. Eram um dos actos que se encontravam na frente da marcha que foi a onda do heavy metal de sangue Britânico, que definiu o início da década de 80 e marcou a sua influência até hoje. Os Saxon já têm mais de quarenta anos de estrada e mais de duas dezenas de álbuns. Já viram tudo a acontecer e cá estão eles com “Thunderbolt” como se nada fosse.

Ao vigésimo-segundo álbum, não é só a experiência que favorece os Saxon. Podem tirar partido do facto de terem a sua própria identidade, uma base de fãs muito fiel e nenhuma fase que se possa considerar má ou aquele disco “ovelha negra”, do qual parece que nenhuma discografia se safa. Com solidez na escrita de canções, capacidade em manter o heavy metal puro relevante nos dias de hoje e saber evoluir com o tempo sem se tornar uma paródia de si mesmos, os Saxon não tinham uma tarefa muito difícil para fazer de “Thunderbolt” um álbum competente. Uma colecção de temas de rockar de punho em riste, com algumas malhas a superar-se, a destacar-se e a fazer-nos questionar porque não têm eles a mesma fama que os Judas Priest.

Para além dos factores reconhecíveis todos aqui estampados, – “Sons of Odin” traz aquela bass line. Aquela bass line que os tradicionalistas saudosos sabem qual é – os velhos Ingleses não fizeram carreira de ser preguiçosos e recorrer ao piloto-automático, com algum truque ou outro pequenino ali na manga. “They Played Rock and Roll” é um belo e sentido tributo aos contemporâneos e conterrâneos Motorhead e fizeram-no soando aos homenageados. E em “Predator”, pasmem, há uma surpreendente voz gutural, cortesia de Johan Hegg dos Amon Amarth.

Quem vem à procura de algo novo, não se deve aproximar muito deste álbum. Os Saxon deixam a saber do que a casa gasta e os elementos todos, desde a capa, ao título, aos temas, dizem bem que o que estão a fazer é algo que já aperfeiçoaram há mais de trinta anos. Mas querem abanar a cabeça a um bom heavy metal feito como deve ser? Os Saxon são regulares e não querem que vos falte nada.

Músicas em destaque:

They Played Rock and Roll, Predator, Sons of Odin

És capaz de gostar também de:

Judas Priest, Manilla Road, Diamond Head


sobre o autor

Christopher Monteiro

Partilha com os teus amigos