MENUMENU

Jack White

Boarding House Reach
2018 | Third Man Records, Columbia Records | Rock, Blues

Partilha com os teus amigos

Jack White não é tipo para ficar parado. Daí que desde o anúncio da sua pausa até ao seu regresso não tenha passado assim tanto tempo. Mais surpreendente é talvez o resultado desse hiato, uma vez que “Boarding House Reach” mostra um artista reinventado.

Normalmente associado ao revivalismo, ao garage rock tradicional, aos blues e ao minimalismo, White faz-se valer de todas essas influências passadas e junta-lhe alguma electrónica, distorções incomuns, jazz, funk e estruturas tresloucadas capazes de deixar até uns Animal Collective impressionados. Oiça-se por exemplo “Ice Station Zebra” para tentar nomear tudo o que ali se passa. A mesma faixa onde podemos contar com um rap de White. Sim, isso mesmo.

Boarding House Reach” contém as canções mais estranhas que Jack White já compôs. E não faz mal, são esses temas, entre os mais tradicionais e mundanos, que realmente poderão causar alguma estranheza entre os fãs do músico, mas a criatividade sempre foi uma ferramenta no seu arsenal e, aqui, White consegue formar na mesma um disco coeso e com imensa qualidade. É também a prova de que ele é já a sua própria marca e um nome bem maior que a saudade de uma influente banda à qual já pôs um ponto final.

Músicas em destaque:

Connected by Love, Ice Station Zebra, Over and Over and Over

És capaz de gostar também de:

The White Stripes, The Raconteurs, The Dead Weather


sobre o autor

Christopher Monteiro

Partilha com os teus amigos