Partilha com os teus amigos
The Shawshank Redemption
Título Português: Os Condenados de Shawshank | Ano: 1994 | Duração: 140m | Género: Crime, Drama
País: EUA | Realizador: Frank Darabont | Elenco: Tim Robbins, Morgan Freeman, Bob Gunton

The Shawshank Redemption, de 1994, foi o primeiro filme de longa duração do realizador Frank Darabont, igualmente responsável por The Green Mile. Separados por sete anos, ambos os argumentos foram desenvolvidos por Darabont tendo por base short stories de Stephen King.

The Shawshank Redemption conta-nos a história do banqueiro Andy Dufresne, interpretado por Tim Robbins, acusado e condenado pelo assassinato da mulher, apesar de se declarar inocente e de as provas apresentadas serem meramente circunstanciais. Tendo início em 1947, ano em que Dufresne é condenado, o filme conta-nos a história dos laços criados entre este e Ellis “Red” Redding (Morgan Freeman), ambos condenados à prisão perpétua na Shawshank State Penitentiary. A sua amizade inicia-se quando Dufresne pede a Red – um hábil contrabandista – que lhe consiga um objeto inofensivo mas que se revela fulcral na sua história.

Apesar da violência física e emocional que desgastam Dufresne nos primeiros meses de pena, passados apenas dois anos desde a sua chegada, graças aos seus conhecimentos profissionais, passa a gozar da proteção dos guardas prisionais e também do próprio diretor, interpretado por Bob Gunton, que se apresenta um devoto cristão mas revela-se uma personagem corrupta e impiedosa. A destreza contabilística de Dufresne torna-se essencial para os desvios de fundos e recebimento de subornos. Se por um lado isto o torna alguém merecedor de tratamento diferenciado, também o torna refém da própria instituição: a sua saída é um risco para o diretor.

A meio caminho da narrativa, o realizador Frank Darabont conta-nos a história da personagem interpretada pelo veterano James Whitmore, a quem é concedida liberdade condicional após cinco décadas de cárcere. O afastamento da sociedade, a idade avançada e a solidão quotidiana fazem-no sentir desenquadrado fora da prisão, conduzindo-o ao suicídio.

Volvidos dezoito anos desde a condenação da personagem principal, a chegada de um novo condenado traz evidências da sua inocência. Confrontado com a possibilidade de libertação de Dufresne o diretor afirma o seu real carácter, colocando-o em solitária e provocando a morte do novo presidiário. Levando consigo os documentos bancários do diretor que lhe permitem aceder ao dinheiro corrupto por este amealhado e informação incriminatória que divulga posteriormente à imprensa, Dufresne foge de Shawshank e o diretor é detido. Uma fuga possível graças a um túnel cavado desde a sua chegada, com ajuda do objeto que pediu a Red no início do filme.

Pouco tempo depois, é concedida liberdade condicional a Red, que segue as instruções que Dufresne lhe havia deixado pouco antes da sua astuta fuga. São instruções preciosas, que lhe permitem reencontrar o amigo e companheiro de longa data.

The Shawshank Redemption conta estórias de provação e superação. Um inocente condenado que catapulta as personagens mais cruéis do filme para o seu castigo. Nomeado pela Academia para as principais categorias, não saiu vencedor da edição de 1995 em nenhuma das sete nomeações. Porém, ocupa hoje o primeiro lugar no Top 250 do IMDb, o site internacional de referência em cinema, de acordo com as votações dos seus utilizadores.


sobre o autor

Isabel Leirós

"Oh, there is thunder in our hearts" - Fernando Pessoa (Ver mais artigos)

Partilha com os teus amigos