MENUMENU
Partilha com os teus amigos
In Guerra Per Amore
Título Português: In Guerra Per Amore | Ano: 2016 | Duração: 99m | Género: Comédia, Drama
País: Itália | Realizador: Pif | Elenco: Pif, Miriam Leone, Andrea Di Stefano

In Guerra Per Amore é o mais recente filme do realizador italiano Pif, que através de um tom cómico procura retratar aquilo que foi o crescimento da máfia siciliana aquando da Segunda Guerra Mundial. Servindo-se de nomes conhecidos da realidade italiana para representar as cidades fictícias que apresenta, Pif toca em todos os pontos mais frágeis que continuam a estar presentes de alguma forma em Itália. O resultado é uma mistura entre um drama leve, factos diluídos e comédia numa dose mais ou menos acertada em diferentes momentos do filme.

A narrativa avança com Arturo Giammaresi (Pif), que para poder conquistar a sua amada junta-se à força aliada durante a Segunda Guerra Mundial que se preparava para avançar para a Sicília. As relações entre as diferentes facções da Segunda Guerra acabam por ser a parte histórica relevante em In Guerra Per Amore, em conjunto também com a inegável influência da máfia no processo. Como a personagem pateta, Giammaresi passeia por cenários de guerra com uma desmedida falta de noção, sendo protagonista de todo o lado mais cómico do filme que, ainda assim, consegue saber quando focar os assuntos relevantes da época (e não só).

O filme funciona como um todo, sem que nenhuma das partes individuais seja brilhante. O estilo cómico é funcional, mas repetitivo, sendo que vive demasiado de uma única personagem. Se olharmos apenas para a narrativa, temos um contexto histórico e pequenos toques de romance, que, não ignorando o modo interessante como é colocada a importante questão dos grupos organizados na Sicília, acabam por ser insuficientes. Paira sempre um sentimento de que o filme está a cumprir, sem que nunca seja possível sentir algo de verdadeiramente genial a acontecer.

Entre cenários com burros “voadores” e o soldado Giammaresi a safar-se de situações improváveis Pif consegue tornar In Guerra Per Amore numa experiência interessante. O modo como retrata uma realidade importante e muitas vezes ignorada num panorama mais amplo é o melhor que este tem para oferecer, sendo que a nível de narrativa e comédia cumpre sem nunca surpreender realmente. A segunda longa-metragem do realizador natural de Palermo confirma um estilo que este provavelmente pretende levar em frente e que reflecte sempre as suas raízes, mas que ainda terá de maturar um pouco mais para conseguir chegar ao nível que será o pretendido até pelo mesmo.


sobre o autor

Sandro Cantante

Partilha com os teus amigos