MENUMENU

LEFFEST 2016 – os premiados

por Joao Torgal em 13 Novembro, 2016

Bis para a Polónia no LEFFEST. E em dose dupla. Se no ano passado o grande vencedor foi 11 Minutos, do veterano Jerzy Skolimovski, desta vez foi a nova geração do cinema polaco a ser distinguida. The Last Family  é a primeira longa-metragem do jovem Jan P. Matuszynski e venceu o prémio para melhor filme do festival e o prémio revelação. É uma espécie de biopic em torno do pintor Zdislaw Beksinski e da sua família pouco convencional.

Na medalha de prata, vencedor do Prémio Especial do Júri João Bénard da Costa, ficou Tempestade de Areia, da israelita Elite Zexer. Um filme sobre as limitações sexuais e sentimentais e os esforços de emancipação feminina numa comunidade árabe de Israel, os beduínos.

A opção do público foi para um dos filmes mais mediáticos da competição oficial do LEFFEST. Prémio para Elle, realizado por Paul Verhoeven (RobocopInstinto Fatal), com Isabelle Huppert como protagonista. O “Ela” do título é uma mulher de negócios bem-sucedida cuja vida é dramaticamente modificada após ser vítima de violação.

Finalmente, nas curtas-metragens, prémio principal para The Sleeping Saint, de Laura Samani, e menção honrosa para Paul est Là, para Valentina Maurel.

 


sobre o autor

Joao Torgal

Partilha com os teus amigos