MENUMENU

Suave

Português Suave
2018 | Discos Tasca da Galega | Rock

Partilha com os teus amigos

Suave é o novo projecto de Nick Suave. Após quase duas décadas a ser referência incontornável no panorama mais alternativo do rock’n’roll nacional, Nick pega na energia que o contagia e apresenta e aproxima-se a universos sonoros que já havia explorado no passado mas, desta feita, cantando num português directo e, claramente, apontado aos corações.

#1 Coração de amante

O coração de amante é um local onde tudo é muito rápido, vago e onde podem morar bastantes dúvidas. Esta música fala sobre esta situação de um início de relação, quando há uma indefinição de papéis, muita incerteza. Musicalmente sempre me imaginei como sendo uma Diana Ross masculina enquanto a canto. Se um dia ficar conhecido como a Diana Ross masculina, vou-me arrepender um pouco de ter começado este faixa-a-faixa assim.

#2 Nem quero saber

Se a vossa paixão vos trata mal mas, por outro lado, não vos larga isso é uma carga de trabalhos. Este tema fala um pouco sobre isso e na perspectiva do personagem principal a solução passa por fazer um ultimato: “ou mudas ou vou-me embora”. Eu acho que na realidade ele está a fazer bluff e ela também deve achar o mesmo.

#3 Perdido

Quando era puto via uma sitcom chamada “Dear John” e a premissa inicial era contada logo no genérico. O querido John remetia para a carta que a ex-mulher lhe deixava em cima da cama, antes de arrepiar caminho e deixá-lo sozinho. De uma maneira ou de outra acho que já toda a gente passou por isto: ficar só, na neura a comer pizza e a ver televisão. Eu acho que o remédio para muita coisa passa por dançar e, vai daí, fiz deste tema deprimente uma canção alegre e bastante dançável.

#4 Meia-noite

Uma balada acerca de um amor pecaminoso que chega tarde ao quarto e vai-se embora logo de seguida. É uma canção bastante austera.

#5 Que mais hei-de fazer

Um amigo disse-me que a linha de abertura desta canção podia ser cantada pelo Quim Barreiros. Não tenho nada contra isso, aliás, o personagem desta canção é um malandro a cantar a canção do bandido, uma temática que se encaixa perfeitamente no universo da música popular. A dúvida do rapaz é genuína: se já ofereceu flores e jantares porque é que ela não o deixa entrar no seu coração? É uma situação de levar qualquer pessoa à loucura e, já que é assim, façamo-lo a abanar a anca. Desgraça em ritmo rock and roll.

#6 Afrodite

O mito de Afrodite explorado em versão soul e, pelo caminho, ainda pisco o olho ao Miguel Araújo: esta Afrodite não precisa de ir ver os aviões, o protagonista leva-a ao céu.

#7 Zanguei-me com o amor

Este personagem fartou-se de ser apanhado nas malhas tenebrosas do amor. Agora quer é dançar, portanto nem venham que não tem e a felicidade não tem, obrigatoriamente, de ser vivida a dois.

#8 Só bem acompanhado

Esta é uma canção um pouco mais pesada e fala acerca das tentações que nos aparecem à frente. Regra-geral, o Mal está muito bem iluminado e, na incapacidade de resistir, o ideal é assumir que somos seres errantes – assim ninguém se chateia. Mas cuidado: por vezes, ao viver a vida em ziguezague acabamos por sentir solidão no meio de tanta companhia. Ninguém disse que isto era fácil.


sobre o autor

Arte-Factos

A Arte-Factos é uma revista online fundada em Abril de 2010 por um grupo de jovens interessados em cultura. (Ver mais artigos)

Partilha com os teus amigos