Entrevista


Salgado aka Stereoboy

Se fazes anos faz uma festa em grande…


© nervos.pt

Não há festa de aniversário mais espectacular que a do Luís Salgado, músico de talento mais que reconhecido (ouçam aqui, por exemplo) e o programador que tornou o espaço cultural portuense Maus Hábitos o sítio onde todos querem ir e que reúne semanalmente os mais interessantes nomes do panorama musical, nacional e internacional. Chegado aquele Sábado de Janeiro, já é certo e sabido que a fila irá dobrar a esquina da Rua Passos Manuel com Santa Catarina. Um fenómeno de popularidade que apenas consigo explicar porque estudei ciências humanas durante 7 anos.

Nas palavras do próprio o «conceito nasceu de uma brincadeira/desafio de uns amigos e levo muito a sério os desafios. “Se fazes anos faz uma festa em grande…” foi o que tentei. O que pretendo oferecer é uma celebração da música, como sou músico e respiro música praticamente todas as horas do dia, achei que deveria fazer um evento em que ela fosse o prato principal e por outro lado que todos os presentes se sentissem na sua própria festa.»

A quarta edição da “O Salgado faz anos” está agendada para o próximo dia 30 de Janeiro, com abertura de portas às 21h30 e festa até às primeiras horas da manhã. Em cartaz nesta «celebração do que bom se fez em música portuguesa durante o ano anterior e espécie de celebração do novo ano musical», como diz e muito bem o aniversariante Salgado, estão dj sets, instalações e três palcos com concertos.

O cartaz completo está disponível aqui, com nomes como Equations, The Sunflowers, Evols, LAmA, Cave Story, Plus Ultra, Fabulosa Marquise, Sensible Soccers, La Flama Blanca e muitos, muitos mais. A entrada vale €12 na porta, €10 até ao dia 29, e €8 até ao dia 24. O meu conselho é que se apressem a comprar se não querem ficar de fora.

Está dado o pontapé de saída do Maus Hábitos neste ano de 2016. Ainda tentei perceber quais os grandes planos para os próximos meses, mas o Salgado apenas me deixou de curiosidade ainda mais aguçada: «vamos ter cada vez mais nomes maiores e internacionais quer em termos de concertos quer em termos de DJs, nunca esquecendo as novas bandas.».


sobre o autor

Isabel Leirós

“Oh, there is thunder in our hearts” – Fernando Pessoa

(Ver mais artigos)

Partilha com os teus amigos