MENUMENU

Pelican

Forever Becoming
2013 | Southern Lord Records | Post-Metal

Partilha com os teus amigos

Os Pelican são uma banda com uma carreira e uma sonoridade de tal maneira solidificadas, que arriscar novos caminhos ao quinto álbum poderia ser desastroso a nível de credibilidade artística. Mesmo com a rescisão amigável de Laurent Lebec – que foi substituído pelo guitarrista de suporte Dallas Thomas -, o post-metal instrumental destes norte-americanos continua a ser inconfundivelmente directo e técnico.

Contudo, e após algumas audições, denota-se uma crueza que nos faz regressar ao segundo The Fire in Our Throats Will Beckon the Thaw, mas ainda longe da rocha tão bem lapidada que foi Australasia. É também por isso que na história dos Pelican, este Forever Becoming representa um notável equilíbrio face àquilo que a banda se estava a tornar nos últimos álbuns: uma fábrica de math-rock demasiado suportado em dedilhados. Embora What We All Come to Need apresente uma beleza musical sem precedentes, os riffs mastodônticos que resultavam em autênticos épicos, começavam a ser uma miragem para os fãs mais velhos.

É por isso que para muitos, Immutable Dusk – a primeira música de Forever Becoming tornada pública -, fazia adivinhar um álbum enfim mais pesado e majestosamente sufocante. Quase que acertaram. Terminal abre o álbum para ser esmagada logo de seguida por Deny the Absolute, que juntamente com Vestiges, apresenta-se em velocidades raras para os Pelican. The Tundra é um fino regresso aos tempos do Australasia, enquanto Threnody e The Cliff respeitam a sonoridade mais recente marcada por camadas ambientais tão características do post-rock. Presume-se que o alinhamento tenha sido planeado com todo o propósito. A epopeia Immutable Dusk é o apogeu perfeito da primeira parte rochosa, e Perpetual Dawn funciona como clímax introspectivo final.

Apesar de tudo, não há grandes surpresas em Forever Becoming (e não, não há vocais…), mas é este o contrapeso que volta a pôr os Pelican nos trilhos da sonoridade que fez deles mestres máximos do rock instrumental.


sobre o autor

Arte-Factos

A Arte-Factos é uma revista online fundada em Abril de 2010 por um grupo de jovens interessados em cultura. (Ver mais artigos)

Partilha com os teus amigos