MENUMENU

Cage The Elephant

Thank You Happy Birthday
2011 | Relentless | Rock

Partilha com os teus amigos

Lançado precisamente no dia de hoje, este Thank You Happy Birthday é o segundo álbum da banda Cage The Elephant. Sucedendo ao álbum homónimo de 2008, que ficou conhecido graças a um par de singles, este álbum acaba por ser uma evolução bastante positiva, embora ainda não afaste definitivamente algumas das fragilidades reveladas pelo primeiro longa duração da banda.

Thank You Happy Birthday começa forte, com canções rock facilmente dançáveis e agradáveis ao ouvido, a fazer lembrar talvez uns Artict Monkeys a fazer música sob o efeito de ecstasy. Always Something abre o álbum, e lança o mote e o tom para o que se segue, ainda que existam algumas flutuações entre diferentes tipos de som, no fundo acaba por ser um álbum rock polvilhado aqui e ali por melodias e refrões mais pop, assim num meio termo entre uma produção polida e mais crua.

Indy Kidz é um tema que se destaca por ser uma sátira bem conseguida sobre..bem, atentem ao título da música, e no qual o vocalista Matthew Shultz canta coisas como “get the right haircut” ou “i want to be just like you”. No entanto, e não limitando a música ao título e se virmos além do óbvio, podemos pensar que é um tema que acaba por abordar também de uma forma geral o exagero de idolatrar alguém ao ponto de se poder perder a própria individualidade por substituição à da pessoa admirada. E isto espelha também um pouco a temática das letras presentes neste álbum, sobre e para os jovens, sem que isso afaste qualquer tipo de público, quase como em tudo, são assuntos pelos quais já passámos ou falámos, ou conhecemos um amigo de um amigo que nos contou sobre o seu outro amigo que viveu e experienciou isso.

Como já referi ao início, Thank You Happy Birthday acaba por sofrer um pouco do mesmo síndrome do primeiro álbum, existe de facto uma boa evolução por parte da banda, mas continuam a aparecer alguns temas menos conseguidos e mais fáceis de cair no esquecimento entre um bom punhado de outras faixas que merecem atenção e oportunidade de serem ouvidas, no entanto não é por isso que esta segunda amostra discográfica dos Cage The Elephant deixa de ser um bom álbum, porque o é, e vindo de uma banda jovem, que tem tudo para conseguir evoluir ainda mais, o futuro pode trazer boas coisas a este quinteto americano, e consequentemente a nós, por podermos ouvir o que eles têm para nos mostrar.


sobre o autor

Hugo Rodrigues

Multi-tasker no Arte-Factos. Ex-Director de Informação no Offbeatz e Ex-Spammer na Nervos. Disse coisas e passou música no programa Contrabando da Rádio Zero. (Ver mais artigos)

Partilha com os teus amigos