Beach House

Depression Cherry
2015 | Sub Pop | Dream Pop

Partilha com os teus amigos

Beach House é – e sempre foi – aquela banda a quem recorro quando me quero envolver num manto reconfortante de tristeza e angústia. Imaginem a minha surpresa quando, ao ouvir o novo álbum, “Depression Cherry”, descubro que nada tem de depressivo ou angustiante.

É certo que o som melancólico (característico do duo de Baltimore) continua lá, mas, ao contrário de “Bloom” e de “Teen Dream” (recordemos a brutalidade de “Take Care”), o Depression Cherry é levado com a maior calma do Mundo. Não há pressas aqui – as coisas são como são.

O disco começa com “Levitation”, onde ouvimos as palavras “You should see there’s a place I want to take you”. Estamos todos em suspensão nesta música, à espera do clímax habitual que qualquer música de Beach House nos proporciona. Mas ele nunca chega. É o single “Sparks” que realmente marca o início do disco, e até “Beyond Love” podemos deixar-nos mergulhar na familiaridade de Beach House e do que é esperado do seu dream pop.

Mas há uma evolução neste disco e não é só pela maneira como nos leva. É no meio onde está a sua virtude, em faixas como “10:37”, “PPP” e “Bluebird”, onde ouvimos o habitual e mais qualquer coisa, talvez indícios de uma evolução no seu estilo. Beach House apresentam, com estas faixas, uma sonoridade mais agressiva, típica de quem já tem alguns trabalhos debaixo da manga e não está tão preocupado em agarrar os já fiéis seguidores.

O álbum fecha com a etérea faixa “Days of Candy”, provando, mais uma vez, que o “Depression Cherry” nada tem de depressivo ou angustiante. É, antes, um disco que nos pede para o contemplarmos sossegadamente.

“I know it comes too soon/ I know it stays for nobody/ I want to know you there/The universe is riding off with you”, despede-se de nós Victoria Legrand, na promessa de, dali a uns anos, voltar com um trabalho igualmente edénico – e diferente, talvez, mas com o toque característico que fez com que nos apaixonássemos por eles da primeira vez.


sobre o autor

Arte-Factos

A Arte-Factos é uma revista online fundada em Abril de 2010 por um grupo de jovens interessados em cultura.

(Ver mais artigos)

Partilha com os teus amigos